O que é e como evitar a compulsão alimentar

O que é e como evitar a compulsão alimentar

A compulsão alimentar é um problema de saúde mental. Um transtorno recorrente que leva a pessoa a comer demais sem ter fome ou até comer tanto em uma mesma refeição até “se sentir mal”. Claro que comer demais nem sempre configura a compulsão alimentar, por isso separamos alguns sintomas que acendem o alerta:

– Se alimentar muito rápido;

– Comer mesmo sem fome ou depois de sentir-se satisfeito;
– Alimentar-se escondido;
– Acordar à noite para comer;
– Ter sentimento de tristeza ou culpa depois de comer muito.

Caso você tenha os sintomas acima é primordial procurar ajuda médica, mas também preparamos algumas dicas que podem te ajudar a vencer a compulsão alimentar, que normalmente é desencadeada por problemas de estresse, autoestima e até por dietas muito rigorosas que você não está disposto a cumprir.

Confira as dicas para controlar a compulsão alimentar:

1. Entenda por que você come descontroladamente

Quando abrir a geladeira em busca de comida, pense o que você está sentindo. Identificando as emoções, começa um grande passo para você controlar a compulsão alimentar.

2. Só coma com fome

Não coma de 3 em 3 horas como é recomendado. Espere a fome chegar para se alimentar.

3. Coma alimentos ricos em fibras

Priorize comer frutas, verduras, hortaliças e gorduras boas, pois são opções que te deixarão saciado por mais tempo.

4. Beba água

Para quem tem compulsão alimentar, essa é também uma forma de controlar a fome e desejo.

5. Não coma alimentos industrializados

Os alimentos industrializados são pobres em fibras e acabam não saciando. Não caia nas tentações das embalagens dos industrializados. 

6. Pratique alguma atividade física

Os exercícios físicos ajudam a controlar a compulsão alimentar, pois fornecem uma sensação de prazer e bem-estar. É importante manter a atividade física na rotina para que a compulsão alimentar seja controlada.

Além das dicas é importante você ficar atento às emoções como a tristeza, depressão e ansiedade. 

 

Fonte: Unimed Fortaleza

 

Whats App